I ♥ Cats #6

3571_87b6_400
Há lá coisa mais doce do que mimos?!
Quando ainda morava em casa da minha mãe tinha dois gatos. O Edgar e o Gaspar.
Ambos vieram da rua. O Edgar de um quintal de um conhecido, de outro conhecido. E o Gaspar, um ou dois anos depois, da União Zoófila.
Apesar de serem dois machos (ainda que castrados), e por o Gaspar ser um "duzentas gramas de ossos" {como a minha mãe dizia} quando foi lá para casa, o Edgar adoptou-o como um filho. Lavava-o, aquecia-o, amava-o. Também tinham os seus desaguizados, mas no fim dormiam enroscados um no outro.
E o Gaspar, apesar de, por vezes, não o mostrar, adorava o Edgar. Tanto, que não podiam viver um sem o outro. Tanto, que partiu uns meses depois de o Edgar nos deixar.  

5 comentários:

  1. Que lindo. Gostei muito de ler.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  2. Agora deixas-me com a lágrima no olho...Partiu com as saudades :')

    ResponderEliminar
  3. Linda história! Os animais são bem melhores que nós...

    ResponderEliminar