Traidisiún

Copyright Mandy Lynne  (22)

Diz a tradição irlandesa (séc. XIII), que hoje - 29 de Fevereiro - é o dia em que as mulheres podem pedir os homens em casamento. E eles são obrigados a aceitar, caso contrário deverão pagar uma pesada multa! 

Meninas casadoiras, aproveitem, porque se deixarem passar o dia de hoje, só daqui a 4 anos!

Teaser Tuesdays #16

O Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pelo blog Should Be Reading.

As regras são:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao acaso
  • Partilhar duas frases dessa página. Atenção para não incluir Spoilers!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read).

E o teaser tuesdays da semana é:




"Quando se desce, onde é o fundo? Percorremos degraus, convencidos de que são os últimos, mas depois damos a curva e vemos que há mais outros, a escada continua a descer, dando voltas sobre si mesma como se não tivesse fim."


p. 111, Para Sempre, de Susanna Tamaro




Qual é o vosso? 
Deixem comentário no post!

Mas o que lhe aconteceu?

6775_60a5_400

Soube pelo pimpolho, que anda a aprender na escola tudo e mais alguma coisa sobre o espaço, que Plutão já não é um planeta! 
Fiquei triste, confesso... O que se terá passado?? (tenho de ir googlar, eu sei!)
Aquela cantilena que aprendi na escola, já está, pelos vistos, completamente desactualizada... e sou informada disto pelo meu piolhito de 5 anos!!!! GOD!!!

Teaser Tuesdays #15


O Teaser Tuesdays é uma rubrica semanal organizada pelo blog Should Be Reading.

As regras são:
  • Pegar no livro que estamos a ler
  • Abrir numa página ao acaso
  • Partilhar duas frases dessa página. Atenção para não incluir Spoilers!
  • Partilhar o título e o autor do livro, para que os outros participantes o possam adicionar às suas listas TBR (To Be Read).

E passadas umas semanas sem esta rubrica, o teaser tuesdays da semana é:





"Foste tu que escolheste o nome para o nosso filho. Tinhas a certeza de que seria um rapaz, e o meu pai, pousando delicadamente as mãos na tua barriga, tinha-to confirmado."


p. 44, Para Sempre, de Susanna Tamaro




E qual é o vosso teaser tuesday desta semana? Deixem comentário no post!

Hoje estava a precisar de algo assim...

8184_03e1_500

Depois do dia de ontem [o meu primeiro dia com um horário de trabalho das 9h às 22h], confesso que hoje estava a precisar de algo deste género. Sim, e ainda só foi o primeiro dia!
Hoje há mais!!

“Despite everything, I believe that people are really good at heart.”





Depois de ter lido este, este e este livro durante a minha adolescência, este livro no verão passado e ter visto esta peça de teatro há pouquíssimo tempo, partilho esta frase que é atribuída a Anne Frank.

“Despite everything, I believe that people are really good at heart.”

Nunca é demais falar no Holocausto nazi. Nunca é demais relembrar as atrocidades cometidas contra o povo judeu. Nunca é demais pensar em todas as pessoas que se viram privadas de tudo aquilo que é mais básico na condição humana, que sofreram horrores e morreram devido aos delírios de grandeza e superioridade de um bando de loucos.
Nunca poderemos (nem devemos) esquecer esta barbárie, principalmente por que continua a acontecer em menor escala por este mundo fora.

Para grandes males...

Que a crise anda por aí, todos vamos sabendo e sentindo. Uns mais e outros menos, é certo.

Para mim, este mostrengo já chegou há cerca de 1 ano e meio atrás, quando, ao passar a ter o meu vínculo de trabalho mais sólido, passei também a ter menos cerca de 15% do meu ordenado.
Graças aos subsídios de férias e natal, a coisa ia-se compondo e equilibrando. Só que este ano, sem os ditos, a coisa vai de mal a pior.

Como por aqui, medo de trabalhar nunca houve, em menos de nada (felizmente!!), consegui um part-time que me vai permitir não ter a corda tão apertada ao pescoço. 
Tem vantagens? Tem, claro, ainda agora mesmo a enunciei! 

E desvantagens? Também! Principalmente, o facto de trabalhar durante a semana das 9h às 22h ter impacto na minha vida familiar. E este é, sem dúvida, o aspecto que mais me angustia. Porque descansar menos, andar a correr de um lado para o outro a gerir dois horários de trabalho, ter de colocar outros interesses / projectos (ginástica, curso, etc...) temporariamente de lado, enfim, vai-se gerindo. Agora, explicar a situação ao pimpolho (que, recordo, tem 5 anos), e ele me pedir: 
- Oh, mãe, mas pede à tua chefe que te deixe sair um bocadinho mais cedo para ainda poderes brincar comigo antes de eu me ir deitar...
E mesmo sabendo e respondendo eu que vai ser pouco tempo (e vai!), o meu coração de mãe não tem outra forma de ficar se não muitooooo apertado...

Fora este pormaior, só espero que corra tudo bem!!! Wish me luck ;)
E tendo começado hoje, dia 13 (my lucky day), acho que é bom presságio!! 

FEBphotoaday #8


#8. sun - Sol de Inverno

Opinião | Marina, de Carlos Ruiz Zafón


Sinopse:
"Em Maio de 1980 desapareci do mundo durante uma semana. No espaço de sete dias e sete noites, ninguém soube do meu paradeiro"

Opinião:
Com Marina, regressei a Barcelona e a Zafón. 
Barcelona, cidade que adoro, com a qual me identifico, onde gostaria até de viver. E Zafón, cuja escrita venero desde que li A Sombra do Vento.

Este romance, prévio ao A Sombra do Vento, fala-nos também daquilo que move os homens, dos sentimentos e emoções dicotómicos transversais a qualquer ser humano: o amor, o medo, a paixão, a raiva, a perda, a vida e a morte. 
São duas histórias, em paralelo, que têm como ponto comum os protagonistas, Óscar e Marina. Ambas envoltas em nevoeiro e mistério e conduzidas por locais míticos e zonas mais sombrias da bela Barcelona, como tão bem Zafón sabe fazer. Se de uma  parte da história adorei pela forma envolvente com o autor nos leva, da outra não poderei dizer o mesmo, principalmente por ter alguns contornos fantásticos (e inverossímeis) que não me agradam ou cativam particularmente.  
Ainda assim, um livro que vale muito a pena ler!

Portanto, termino como comecei. Com Marina, regressei a Barcelona e a Zafón.

FEBphotoaday #7


#7. button - A minha doce capa protectora de livros

E a máxima do dia é:


Um miminho de quem me conhece bem e sabe que eu adoroooooooo café!! 
Obrigada, doce prima!

E se é verdade que adoro o sabor e o ritual, outro aspecto importante, caso não saibam, é o facto de o café ser um broncodilatador, o que, para uma asmática como eu, é sempre bem vindo!

Nota importante - O marido e a prima vieram formatados em modo "no coffee"!

FEBphotoaday #6


#6. dineer - Spaghetti al  buona compagnia (invenções minhas !!!)

Haverá sempre quem nos desiluda...


TRUST : Hard to build Easy to destroy


Há determinadas atitudes que, por mais que tente, não consigo compreender. A menos que as situe num contexto patológico.

Rei morto, Rei posto!

FEBphotoaday #5


Não sei se é suposto neste desafio, mas vou passar a colocar uma pequena legenda em cada foto!  
E, por isso mesmo, vou actualizar as anteriores ;)

#5. 10 am - Preparativos para um almoço em família

FEBphotoaday #4


Mais um atraso na postagem, shame on me!!!

#4. a stranger - um espectador que connosco partilhou a última apresentação de uma excelente peça de teatro

FEBphotoaday #3


#3. hands - me and my little baby boy

FEBphotoaday #2

 

Ups... com umas horitas de atraso, eu sei... 
Mas hoje já entra nos eixos!

#2. words - a nossa máxima na ardósia da cozinha

Pê de Pai


Ser Presente. 
Ser Disponível. 
Ser Participativo. 
Ser Amor.
Ser Brincalhão. 
Ser Firme. 
Ser Cuidador. 
Ser Pai.

E só posso dar graças pelo facto do meu pimpolhito ter um Pai assim. 
E este livro é verdadeiramente delicioso.

FEBphotoaday #1


A partir de hoje e durante todo o mês de Fevereiro, vou participar no desafio lançado pela fat mum slim!
É uma forma engraçada de retratar o mundo de cada um de nós e, aqui no estaminé, sempre ficam a conhecer um pouco mais de mim e do meu mundo.
Quem alinha?




#1. your view today - no regresso a casa

Amor é... #3

| Fonte |

Me. You. Us.